Sejam todos bem vindos.
Me sigam, comentem critique e me avacalhem mas participem à vontade. Não pretendo apagar nenhum comentário, bom ou mau, mas não usem xingamentos ou palavras de baixo calão, podem me atacar mas com o nível que meus leitores merecem.
Faça quantas perguntas quiser, todas, sem excessão são respondidas.
Siga nosso blog, uma postagem por semana.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

As Bobagens sobre o Black Hat SEO

Quando digitamos Black Hat SEO no google encontramos termos como "O pior do SEO", "O que não fazer", e outras bobagens. Experimente abrir todos estes sites e verá que a lista de possíveis erros em Black Hat SEO são absurdas e se você realmente fizer tem mais é que se ferrar mesmo. As listas são muito parecidas seja no Agência Mestre, Seo Master, Marketing de Busca, etc. Vou mencionar como é a forma grosseira e como eu proponho para que vocês vejam como é diferente, os textos foram retirados de http://www.agenciamestre.com/. A lista é composta por:

  • Keyword stuffing - Basicamente, keyword stuffing é o uso excessivo de keywords em seu conteúdo, ou seja, você faz uma página sobre notebook e escreve a palavra para todo lado. O título fica “Notebook, notebooks, venda notebook, notebook hp, …”; bem como toda porção da página fica com cara de spam de tanto que se repete a palavra.
O que eu proponho: coloque mesmo a palavra chave em todos os lugares, mas, fazendo sentido. Você não vai colocar "Notebook, notebooks, venda notebook, notebook hp", isto é imbecil,  mas pode colocar "Notebook - Deixe um Notebook hp melhorar sua vida". É bem diferente. No texto encha de palavras chave de forma a fazer sentido, nunca deixar uma frase louca.

  • Texto escondido - O objetivo é esconder texto com alta densidade de keywords (texto utilizando a técnica de Keyword Stuffing) para que o visitante não veja o texto mal produzido, mas que a search engine encontre o texto e coloque o site algumas posições adiante, já que tem tantas menções de uma determinada keyword
O que eu proponho: Em um texto que faça sentido coloque as palavras chave do seu nicho, quanto mais palavras chave colocar mais textos em hiperlink poderá agregar sem problemas, escreva para os internautas e para os buscadores. não recomendo uso de CSS.


  • Links escondidos - Para esconder links, as mesmas técnicas citadas anteriormente podem ser utilizadas, e o link fica escondido por CSS. Mas por que esconder um link? Como sabemos, os links carregam uma grande força para definir o rankeamento de sites em uma pesquisa.
    Assim, implantar links escondidos em outros sites (seus próprios sites ou não), faz com que search engines encontrem links preparados especialmente para manipular os resultados, ou seja, com o texto âncora perfeito, mas que visitantes nem sabem que estão ali. A função destes links é puramente “passar PageRank.”
O que eu proponho: Não esconda, coloque de forma que pareça natural, abuse nos seus sites. no dos outros faça um por comentários mas use de qualquer forma.

  • Doorway pages - O site é um site em imagem, flash ou simplesmente mal produzido em termos de SEO e, ao invés de se trabalhar em cima deste site, um novo domínio é comprado com as keywords no nome (www.keywordprincipalaqui.com.br) e este domínio, que na verdade vai ser uma única página – a Doorway Page, será super otimizado para esta keyword e contará com um conjunto de links otimizados para o site principal.
O que eu proponho: Sou totalmente a favor, porém nunca vou fazer uso de algo burro como "imagem, flash ou simplesmente mal produzido ", vou fazer um site com página inicial decente e com todo o necessário, porém, em determinado momento o internauta clica e vai ao site principal de forma natural sem que ele mesmo note. me cobre uma postagem mais detalhada sobre isso nos comentários que ensino melhor.

  • Cloaked pages - A técnica consiste de mostrar conteúdos diferentes para diferentes tipos de usuários. Assim, ao receber uma visita, o visitante deve ser identificado como uma search engine ou não (procurando descobrir o IP ou User-agent) e, caso seja uma search engine, deve ser exibida uma página extremamente otimizada, rica em keywords e prontinha para ser classificada em primeiro. Mas, se o visitante não for uma search engine, então mostra-se uma página comum. Como isso visa exclusivamente obter rankings melhores nas buscas, isto é considerado uma técnica black hat SEO.
O que eu proponho: Não recomendo pois acho que força demais.

  • Link farming - De modo simples, um Link Farming pode ser implementado simplesmente fazendo diversas Doorway Pages, ou seja, cria-se diversos domínios super otimizados, com diversas keywords que o site principal precise, todos linkando para este site. O maior ponto falho desta técnica black hat, é que todo o tempo investido em todas esses outros domínios poderia ter sido investido diretamente no site principal, evitando, assim, uma técnica black hat e resultando em um site de mais qualidade. Mas de fato, vários links de conteúdos relacionados são conseguidos.
O que eu proponho: Eu amo, foi minha primeira postagem:
http://guiablackhatseo.blogspot.com.br/2011/02/link-farm-use-corretamente-e-aumente.html
Ela é bem diferente dio que está sendo proposto acima.
Faço LinkFarm com várias palavras chave para o site principasl, a diferença é que não faço 4, 5 ou 10, faço 100 e otimizo todas elas, mando centenas de backlinks para cada uma, é lindo. Com ou sem Panda, fazendo desta forma agrega-se acesso e backlink. me cobrem outra postagem sobre linkfarm, pois como era a primeira postagem fui econômico na técnica, agora já posso citar a técnica e linkar com outras postagens minhas.

Chega ser engraçado. O google não se incomoda com a troca de links MAS DE FORMA NATURAL, o que é natural? Eu acho natural colocar algumas centenas e com sorte milhares de links para mim. Imagine que eu quisesse detonar um concorrente, era só eu mandar vários backlinks pra ele, não é? Aprendam, técnicas outdoor não vão retirar seu site do ar.

  • Spam em comentários de blog - Ainda seguindo a linha de ganho de links, utilizar scripts para postar automaticamente em fóruns e comentar em blogs foi muito usado antigamente como uma tática black hat para Link Building. Depois do surgimento do atributo nofollow, essa técnica de SEO black hat caiu em desuso, mas ainda acontece bastante.
    Como normalmente um usuário de fórum pode fazer uma assinatura com links e postar links em seus comentários, isso foi uma forma fácil de se conseguir links. Funciona de modo análogo para blogs.
O que eu proponho: Maravilhoso, façam sempre. Para escapar dos atributos nofollow acompanhem o Guia Black Hat SEO que divulga sites dofollw com altos PR. hahahaha 

Aqui volta a bobagem do que é natural ou não. Colocar comentários ( não de forma automática ) mas coerente com o sentido do texto para gerar backlink é Black Hat. Eu comento muito em um site de filmes de terror para download, eu gosto muito e estou sempre lá, sempre mesmo, dou minha opinião de "cinéfilo especialista", devo ter uma centena de links lá, meu site nada tem a ver com isso mas como eu escrevo bem mais do que escreveria para gerar backlink aí não é Black Hat. Me poupem, isso é piada. História para pessoas ignorantes, tipo o bicho papão, etc. Comentem sim, muito, quanto mais melhor. E digo novamente Imagine que eu quisesse detonar um concorrente, era só comentar em vários blogs pra ele, não é? Aprendam, técnicas outdoor não vão retirar seu site do ar.


  • Comprar links - Uma estratégia de link building também considerada black hat é a compra de links, mas há uma ressalva, pois existe um caso em que a compra de links não é considerada black hat: quando o link comprado recebe o atributo rel=”nofollow”
    Pois assim, o webmaster indica para a search engine que não tem a intenção de manipular os rankings com o link vedido/comprado. E como as search engines identificam links comprados? Naturalmente, elas não revelam essa informação, pois se o fizessem, os black hats correriam atrás de contorná-la.
O que eu proponho: Podem comprar sem problemas, ou podem me acompanhar a aprender a gerar centenas de links gratuitos sem muito esforço.

  • Troca de links - A troca de links é uma prática considerada black hat também por search engines. Consiste simplesmente de encontrar outros sites e blogs dispostos a trocar links com o seu próprio website. Assim, todos ganham links e, possivelmente, rankings.
O que eu proponho: faça sempre, se conseguir um bom parceira, mantenha a relação com ele, nem sempre é fácil fazer troca dentro do seu nicho.

Enfim, querem fazer vamos fazer direito, acompanhem o Guia Black Hat SEO e sejam felizes.

Tenho dito.

Um comentário: